03 jul 2020

Como economizar energia elétrica em condomínios residenciais e comerciais

Você sabia que a iluminação é responsável pelo consumo de toda energia elétrica produzida no Brasil? Com isso em mente a Providência Síndicos está sempre buscando novas formas de economia de energia em condomínios comerciais e residenciais.

Programa de Eficiência Energética

Desde 2017 a Providência Síndicos inscreve seus condomínios no Programa de Eficiência Energética, subsidiado pela Copel, por meio do qual são aplicados recursos financeiros em projetos que tem como objetivo a promoção da eficiência energética.

Mais de 17 condomínios da Providência Síndicos já foram selecionados para receber cerca de 5,5 milhões de reais subsidiados pela Copel, proporcionando uma economia anual média de R$ 35 mil reais por condomínio. Em alguns casos a economia pode chegar a zerar a conta de energia elétrica do prédio.

Neste ano, mais seis condomínios atendidos pela Providência Síndicos foram selecionados para receber investimentos da Copel para instalação de painéis solares.

Além disso, a Providência Síndicos toma diversas medidas para controle e redução do consumo de energia elétrica, dentre elas estão:

A substituição de lâmpadas. A lâmpada de LED, por exemplo, utiliza de 70% a 80% menos energia do que as fluorescentes, além de ser facilmente reciclada e de ter sua vida útil bem maior que os outros tipos de lâmpadas.

Outros investimentos que podem ser feitos para a economia de energia em condomínios comerciais e residenciais é a instalação de sensores para a iluminação de ambiente de pouca circulação, assim só será consumida energia quando alguém estiver nele. Como exemplos podemos citar: garagens, corredores e qualquer área externa necessária.

A Providência Síndicos também orienta os condôminos para procedimentos de economia de energia diários em seus apartamentos e escritórios como:

  • Se possível não acender as luzes ao longo do dia e manter as janelas abertas para utilizar a luz natural;
  • Apagar sempre as luzes ao sair de um ambiente;
  • Limpar regularmente os aparelhos de iluminação, uma vez que a sujeira reduz a emissão de luz;
  • Utilizar distribuidores de luz de acrílico claro, pois são mais eficientes;
  • Utilizar tintas claras para paredes e tetos, pois refletem mais a luz.